sexta-feira, 30 de maio de 2008

Boa viagem, princesa!

Pois é princesa, o Paredão d’ Oeyras festeja um ano e tu, mais uma Primavera.


Ontem como hoje, estou feliz, igual ao Rei Midas, cioso da sua Áurea princesa. No último ano levantaste voo e, como ave migratória, tens voltado ao ninho. Sei que és feliz quando estás longe; por isso, fico tranquilo e desejo-te muitos e longos voos.

Tu és uma doida! Sempre é verdade que vais saltar da ponte de Sidney? És muito corajosa, feita de uma força indomável. A tua alegria e faceta aventureira contagiam-me!

Estás de partida. Dentro de dias voltas a voar pela Terre des Hommes, passarinho voador! Que o Sinal do poder invencível esteja contigo e ilumine a tua senda!
Sabes, tenho uma prenda de anos para ti! A partir de agora não vais poder acusar-me, a brincar, de apego à minha captadora digital de imagem, por me recusar emprestar-ta; ofereço-te uma, similar, para que tu me dês o prazer de voar contigo pelo Planeta Azul, mergulhar nas águas de corais ou caminhar pelas areias do deserto.




A prenda - por enquanto é surpresa - só vai chegar depois de teres partido. Este texto, de que és fonte inspiradora, também só o vais ler na Terra dos Cangurus, ou algures, lá para os lados do Reino de Preste João!
Entretanto, vamos estar os quatro no jantar comemorativo do teu nascimento, num restaurante situado à beira-mar, no Paredão. Na intimidade da família, vais estar alegre, antevendo o prazer de daí a algumas horas estares longe, muito longe, sobrevoando mares e terras remotas.

Princesa, vai mas volta radiante, como o Sol, todas as manhãs!


Eu tive um sonho!







1 comentário:

Esmeralda disse...

Olá pai Adriano,
Parabéns pela filha que tens. Na verdade, ao ler-te, senti-me igualmente orgulhosa pelo filho voador que tenho e partilho os mesmos sentimentos. Nos céus, que Deus os proteja; para os que temos em terra, que Deus os proteja também!
Um beijinho para toda a família da
Esmeralda